Grandes batalhas XIX: Anjos vs Demônios

Um terço do céu seguiu Lúcifer.

Esses anjos tinham o direito (liberdade) de seguir o mais belo e perfeito dos Querubins? Seriam todos eles maus por pensarem diferente de Deus? Ou seriam vítimas do velho adágio: os vencedores escrevem a história? Deveriam ter sido punidos eternamente por sua escolha? Deveriam ter sido mutilados e deformados, perdendo sua beleza e “inocência”? Deveriam os rebeldes ter sido mandados para o Inferno? Deveriam ser hostilizados por tanto tempo? É legitimo que tenham perdido a dignidade? Houve respeito ao livre arbítrio? Ou Deus agiu corretamente expulsando todos os seguidores de Lúcifer e os condenando por todo o sempre? A guerra entre anjos e demônios é legítima? Os anjos são realmente criaturas bondosas, perfeitas, belas e “tudo de bom” ou simplesmente bajuladores, acomodados e “pau mandados” de Deus? Ou está tudo certo desse jeito, pois vc, passivo (uma ovelha) que é, não tem aptidão para julgar a vontade divina?

Se vc acredita que Deus está certo e que os anjos são legais, vote na opção que os descreve como seres virtuosos. Mas se vc acredita que Deus está errado e que a punição aos hoje denominados demônios foi injusta e exagerada, vote na segunda opção… evidentemente se tiver coragem de contrariar Deus e se tiver a convicção de que nossos princípios republicanos e democráticos se aplicam à ordem divina também, rs.

Se vc não acha nada, beleza, mas se acha alguma coisa, escreva. Pode ser qualquer coisa. Amém!

Please correct my English. I’m learning yet.

Great Battles XIX: Angels vs Demons.

 

Angels are justice paladins, representatives of God’s will, the order guardians, kindness demonstrations, perfect beings.

 

Demons are fallen angels, duped or persuaded by Lucifer, deformed by the divine curse and condemned for eternity for your choice.

Leiam A Nova Teogonia Livro I e Livro II, livro de minha autoria.

A Nova Teogonia tem na Livraria Cultura também!

27 pensamentos sobre “Grandes batalhas XIX: Anjos vs Demônios

  1. Aurora disse:

    Bé-é-é!!!!

    • Adonis disse:

      Nossa, que tosco.

      • Aurora disse:

        o quê? O cantor, a música ou o meu bé-é-é?😛 kkkk O Ovelha (e essa música, sobretudo) é um clássico dos anos 80😀

        sobre a enquete em si: sinceramente, um cara que se acha deus?? Pfff…vai ser arrogante assim lá nos quintos!!!😉 E mais, como estudiosa da literatura, sempre desconfio de narrativas, talvez a história não tenha acontecido nem do jeito que “oficialmente” conhecemos, e nem desse jeito que você contou! Aliás, talvez nada disso tenha acontecido e seja apenas produto da humanidade e de sua criatividade fértil *rs* De toda forma, partindo do pressuposto que assim foi, por mais perfeito que fosse o anjinho e que tenha enganado um terço dos trouxas, mereceu a punição, pois arrogância e céu definitivamente não combinam😛 Sem contar que o criador pode dispor de suas criaturas como bem entender, oras…acho que ele ainda foi bonzinho demais. Eu particularmente teria fusilado com um raio e nem dado chance de rebelião kkkk Onde já se viu, levar um terço da minha criação celestial pro mau caminho, afff, que audácia!

  2. Aurora disse:

    ah, e lembrando que de repente essa punição não signifique nada, não sabemos se é válida por tempo indeterminado, e nem se o tempo passa de modo igual lá e cá, portanto…de repente é punição equivalente a só um tapinha na mão *rs*

    • Adonis disse:

      Eu ainda não vou responder hoje, pois minha rotina está puxada e preciso de concentração, inspiração e de muito mau humor para responder seus comentários, entretanto, faço uma pequena emenda em seu texto: fuzilar é com ZZZZZZZ e não com S, como vc escreveu de forma equivocada. PRESTE ATENÇÃO !!!!!!

    • Adonis disse:

      Um cara que se acha Deus? Oras, Lúcifer surgiu de Deus e, em tese, compartilha a mesma essência. Por que, isto posto, seria uma heresia tentar, no mínimo, a ele se igualar? Pais e filhos são iguais, merecem o mesmo respeito, têm a mesma dignidade. A diferença é que um é mais velho e experiente e outro jovem e inexperiente. Todavia, um dia, os filhos tomarão o lugar dos pais e também terão filhos, que no porvir tomarão seus lugares. É como no desenho Rei Leão e o seu ensinamento sobre o ciclo da vida.

      Talvez Lúcifer, que achava que partilhava do mesmo substrato de Deus, o que, repita-se, é um pensamento legítimo, achou que era o momento de substituir seu pai, como ocorre com qualquer espécie de ser vivo ou família.

      Antes de Deus pode ter havido outro Deus, que por aquele foi substituído.

      Além disso, não é só entre pais e filhos que a sucessão ocorre. Também é nos sistema de governo. Deus pressupõe ordem e hierarquia. No céu havia ordem e Lúcifer tinha um bom cargo lá. É como se Deus fosse o presidente do céu e Lúcifer o Ministro da casa civil.

      Assim, tudo indica que não era tão teratológico que Lúcifer quisesse se comparar ou suplantar Deus. Ele surgiu de Deus, era o preferido dele e respeitou o conceito do ciclo da vida. Talvez fosse avesso ao continuísmo, talvez quisesse instalar princípios democráticos no céu ou o livre arbítrio. São pretensões legítimas. Não há nada de absurdo querer mudar uma ordem instituída, vide o São Paulo Futebol Clube e a praga do Juvenal Juvêncio que não larga o osso.

      Quanto ao fato de um terço dos anjos terem seguido Lúcifer, acredito que não sejam trouxas, creio que adotaram a ideia de livre arbítrio; chego a essa ilação por uma premissa muito simples: a boa-fé. Não posso considerar que a minoria seja trouxa ou incapaz de pensar e ter suas próprias convicções. Talvez aqueles que seguiram o hoje Satanás estivessem com a razão; apenas optaram por seguir um anjo tido como perfeito por todo o reino celestial, quiça considerado igual a Deus. Hoje em dia, pessoas sem suas próprias convicções são deixadas à margem da sociedade. A participação sempre deve ser estimulada, bem como a tomada de decisão.

      De outra banda, não vi arrogância em lugar nenhum. Quantas vezes vc se enganou mesmo estando com a maioria? Quantas vezes vc acertou mesmo sendo minoria? Onde está a arrogância quando se faz uma escolha entre duas entidades ou preceitos? Onde está a arrogância quando alguém expõe suas ideias? Onde há arrogância no mero dissenso?

      E não, o criador não pode fazer o que bem entender com sua criatura, vide Mary Shelley (Frankenstein). Seres vivos não são objetos. Todos os seres vivos merecem ser respeitados e cuidados, ainda que irracionais. Além disso, os pais têm uma série de deveres para com os filhos, que, em última análise, são suas criações.

      Deus não é Zeus. Ele não costuma FUZZZZZZZZZZZZZZZILAR com raios.

      Por fim, punição é punição e ela foi grave sim, de fato. Condenar seus pares ao inferno eterno? Deformá-los? Isso é uma pena cruel e perpétua. Absurdo! Seria o mesmo que punir aqueles que lutaram contra regimes totalitários com a pena de tortura e de morte. Não, penas cruéis jamais surtiram bons frutos, vide o Tratado de Versalhes.

      Sou a favor do perdão do Deus e um acordo entre as partes que garanta que a minoria tenha voz ativa na construção dos desígnios celestiais e um sistema de democrático de poder, com eleições e rodízio no comando, garantindo, inclusive, que mesmo um anjinho da guarda possa estar no cargo de Deus por um período pré estabelecido.

      • Aurora disse:

        Não acredito que vc. usou o rei leão como argumento de autoridade😛

        ps – não tenho culpa por minha tecla sap dar pau às vezes😛 “O verbo é “fuSiller” em francês😛

      • Aurora disse:

        ah, quem sabe depois de terminar minha tese eu responda à sua réplica gigante *rs*

    • Adonis disse:

      Acho que se fosse eu o insurgente ao invés de Lúcifer, 46% dos anjos teriam caído comigo, kkkkkkkkkkk.

  3. Aurora disse:

    ah, esse aqui! *rs*

  4. […] Anjos X demônios (ou: o bem contra o mal!) […]

  5. Adonis disse:

    32 a 16 para os anjos

  6. Jhowjhow disse:

    Votei em prol dos demonios. Particularmente, li umas dez vezes essa discução dos comentarios, e o que mais faz sentido pra mim é o que Adonis defende… Eu teria tomado uma atitude diferente…

  7. Adonis disse:

    Anjos são paladinos da justiça, representantes da vontade de Deus, guardiões da ordem, manifestações da bondade, seres notávies e perfeitos. 69.7% (92 votes)

    Demônios são anjos caídos, ludibriados ou persuadidos por Lúcifer, deformados pela maldição divina e condenados pela eternidade por sua escolha. 30.3% (40 votes

  8. Lucas disse:

    Se bem q Deus expulsou Lúcifer pq ele queria melhorar o Paraíso, então O Cara se sentiu desafiado e ofendido e deu um byebye pro nosso querido Lulu. Fim.

  9. Fernando disse:

    Satanás so ficou contra o criador pela ambição porque queria ser deus pos estava no cargo mas alto céu o braço direito de deus e por isso achava que tabem deveria ser adorado

  10. Adonis disse:

    Anjos são paladinos da justiça, representantes da vontade de Deus, guardiões da ordem, manifestações da bondade, seres notávies e perfeitos. 69.97% (226 votes)

    Demônios são anjos caídos, ludibriados ou persuadidos por Lúcifer, deformados pela maldição divina e condenados pela eternidade por sua escolha. 30.03% (97 votes)

    Total Votes: 323

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s