Natal, Feliz Natal, Papai Noel, Presentes, Mamãe Noel, Trenó do Papai Noel, Presente de Natal, Conto de Natal.

– Papai Noel, Papai Noel! – Entrou um exaltado duende. – Chegaram as correspondências de Natal. São cerca oitocentos milhões de cartas, Vossa Senhoria só tem vinte três dias para lê-las.

– Oh, sim, claro, pode trazê-las. – Disse resignado o bom velhinho. O duende abriu uma porta e milhões de cartas caíram ao lado do Papai Noel. Logo depois, o anão se retirou.

O Papai Noel pegou a primeira carta e se pôs a ler:

“Papai Noel, preciso de comida, aqui no meu país, o ditador está matando todo mundo e não tem comida. Por favor, me ajuda.”

 Imediatamente, entrou outro duende que iria anunciar a presença de uma autoridade, entretanto, a tal autoridade entrou com tudo na sala, chutando o duende que caiu em cima do monte de cartas. Era o ditador referido na correspondência:

– Olha aqui Papai Noel, MEU país está sob embargo econômico, pois estou tentando fazer armas nucleares. Se realmente se importa com as crianças do meu país, quero que o senhor leve comida à população, porque eu não darei nada e matarei todos os insurgentes. – E saiu da sala o tirano irritado.

papai noel ameaçado

Papai Noel olhou para o duende que alertou:

– Nosso estoque de comida acabou. Na semana passada demos tudo para as crianças da nação vizinha da do ditador, que também está sob a ditadura de um fanático religioso.

O duende saiu da sala apressado, estava atrasado. Ainda não tinha atingido a cota diária de cinco bicicletas. Seria punido pelos supervisores estressados que haviam tomado conta da fábrica com a ajuda da Mamãe Noel. O setor da fábrica do Papai Noel responsável pela fabricação de bicicletas, por exemplo, havia perdido funcionários. Havia muita terceirização e os brinquedos eram cada vez mais complexos. Era necessário contratar grandes empresas para dar conta da demanda e para tanto era necessário ter dinheiro em caixa. Papai Noel teve que cortar muito custos e reduzir os benefícios dos trabalhadores, seguindo sugestão de Mamãe Noel.

Papai Noel pegou outra carta para ler, entretanto, repentinamente, Mamãe Noel entrou na sala no mesmo instante e perguntou:

mamãe noel

– Como está a leitura de cartas, amorzinho?

Papai Noel lembrou-se de como a Mamãe Noel era antes de casarem.

noelete

Depois que deixou de ser noelete para ser esposa, ela afastou todas as demais noeletes e proibiu o esposo de contratar mulheres bonitas para trabalhar com ele e mesmo de olhar para qualquer moça – antes do casamento Mamãe Noel disse que não faria isso e que seria sempre bonita e gostosa.

Papai Noel, triste com a sua vida sexual, leu a carta:

papai noel vida sexual

“Papai Noel, eu quero o vídeo game XXX, da marca YYY, com 1000 gigas, placa de vídeo, WWWWW que acabou de ser lançado. Ele tem cento e setenta e quatro mil funções e cento e trinta e dois mil joguinhos, Wi-fi, Blu Ray e atende a comandos de voz. Fui um bom menino o ano inteiro.”

– As crianças de hoje não entendem mais o Espírito Natalino. Elas são materialistas. –  lamentou Papai Noel. – Agem como se fossem boas, porque são interesseiras.

– Ah, querido, bobagem, o importante é o que parece, não o que é, já te disse várias vezes. – disse afetuosa a esposa.

– No Natal elas deveriam comemorar o nascimento do menino Jesus.

– Mas como é sonhador meu maridinho. Jesus veio à Terra, deu o recado e se mandou. Quem entendeu, entendeu, quem não entendeu vai para o Inferno. Não precisa se preocupar. Vem cá meu tolinho, dá um beijinho, vem.

beijo da mamãe noel

Após o beijo, Mamãe Noel saiu da sala, mas antes lembrou ao marido que queria um iate e uma mansão nos trópicos.

Papai Noel, perplexo, pegou outra carta. Estava atrasado. Só havia lido duas até agora.

“papel noeu eu. queremos um bolas; estudamos eu bastanti. So um esselenti alunu. Estoy, no séxtima séri”

papai noel caído

Papai Noel, constrangido, colocou esta carta de lado e pegou outra, mas logo entrou outro anão tresloucado:

– Os prazos, os prazos, ninguém mais respeita os prazos. A nossa produção de bonecas está atrasada. A máquina emperrou. O motor fundiu. E há um movimento grevista se formando. Reivindicam melhores condições de trabalho, a volta das noeletes e melhores salários. Acusam Mamãe Noel de desviar dinheiro da fábrica para gastar com bolsas, sapatos, joias e viagens. Querem uma atitude do Senhor.

noeletes

– Ãh. – balbuciou Papai Noel.

– Eu me demito! Vou trabalhar com o Coelhinho da Páscoa. Lá se trabalha com pontualidade e organização. São profissionais. Adeus!

Papai Noel tornou à leitura da carta que estava em suas mãos.

“Pa…”

 Repentinamente, entrou outro duende na sala. Estava muito nervoso:

– Tenho péssimas notícias Papai Noel, a empresa çççççç aumentou os preços dos produtos. Alegou que estava tendo prejuízos. Está irredutível. Fala da crise global e que se continuar dando esmolas para a gente, vai falir. Fiz as compras, pois o Natal está próximo. Prometi que colocaríamos propagandas no Trenó do Papai Noel e nos brinquedos; parcelei em quinze vezes a compra de um milhão de autoramas (daqueles descartáveis que quebram depois do primeiro uso), entretanto, mesmo assim, não temos como honrar o compromisso. Desculpa. – Saiu agitado e com medo.

Papai Noel sem saber o que fazer, tornou a ler a carta.

“Papai Noel, eu quero…”

 Estava sem concentração. A última notícia havia abalado seu coração. Continuou a leitura.

“Papai Noel, eu quero que meus pais voltem a ficar juntos….”

 Papai Noel sorriu, mas foi interrompido novamente. Um duende fardado entrou na sala carregando um notebook. Abriu o aparelho e mostrou um vídeo ao Papai Noel. Nele havia um funcionário do Papai Noel negociando com um empresário brasileiro um contrato de prestação de serviço.

– Então Papai Noel – disse o duende fardado -, fizemos essa gravação escondida. Suspeitávamos que os empresários brasileiros combinavam preços para não concorrerem entre si e faturarem o quanto quisessem sobre as crianças inocentes. E aqui está uma das provas. Por isso estamos indo à bancarrota. Por causa desses corruptos. O que fazemos com eles?

– Mate-os. – Disse boquiaberto Papai Noel com a própria resposta.

– Ok. – O duende pegou o celular e ligou para alguém. – Elimine os corruptos. – Bateu continência e retirou-se da sala.

Papai Noel, deprimido, tornou a ler carta. Pelo menos aquela carta era compatível com o Espírito Natalino.

“Papai Noel, eu quero que meus pais voltem a ficar juntos….”

– CARALHO, O QUE É DESTA VEZ PORRA?!?!?!?!

Dessa vez não era nenhum anão que entrava na sala. Era um oficial de justiça intimando Papai Noel a pagar os impostos atrasados. Disse que se a dívida não fosse paga em cinco dias, voltaria e penhoraria toda a fábrica e bens do Papai Noel e da Mamãe Noel, pois eles também estava sendo executados na ação de execução fiscal promovida pelo Governo Finlandês.

papai noel na miséria

Por fim, o oficial de justiça disse que denunciaria Papai Noel por desacato à autoridade e saiu.

papai noel preso

“Papai Noel, eu quero que meus pais voltem a ficar juntos, pois o Ricardão era o único amante que amava a minha mãe periguete. Meu atual padrasto bate nela. Ele é alcoólatra.

 

O Ricardão pagava as contas e o aluguel – perdemos nossa casa há um ano atrás devido a um deslizamento de terra. Há uma ordem de despejo por falta de pagamento. Se não pagarmos a dívida amanhã, temos quinze dias para sair. Se o Ricardão não voltar, precisarei me prostituir ou sair com pedófilos para ganhar dinheiro. Infelizmente, pelo que me consta, ele já está com outras duas mulheres e esqueceu da minha mãe.

 Obrigada e feliz natal.”

 O primeiro duende havia voltado com mais setenta milhões de cartas. A maioria delas eram emails impressos.

– Papai Noel, quase todas essas cartas são de crianças que já haviam escrito antes, mas elas querem trocar de presente, pois a empresa do vídeo game XXX, da marca YYY, com 1000 gigas, placa de vídeo, WWWWW, lançou outro modelo agora a pouco, muito mais avançado. Ele emite luzinhas, tem duzentos e setenta quatro mil funções e cento e quarenta e dois mil joguinhos, Wi-fi, Blu Ray e atende a comandos de voz. – Informou e logo lamentou. – Estamos sem funcionários para substituir as cartas para o senhor. Boa sorte! – O duende, constrangido, saiu da sala.

Papai Noel então pegou uma arma dentro do móvel que estava ao lado, apontou para a cabeça e atirou.

papai noel morto

Feliz Natal!

Veja outro conto de Natal aqui.

10 pensamentos sobre “Natal, Feliz Natal, Papai Noel, Presentes, Mamãe Noel, Trenó do Papai Noel, Presente de Natal, Conto de Natal.

  1. Clara disse:

    pensei q feministas adorassem responder a esse tipo de provocaçao.

    e cade as fotos de papais noeis sexys. queria ver falos natalinos mais jovens e viris =P.
    como eu sei q o autor do blog é lindo e sexy, sugiro q contribua com fotos com ele fantasiado de papai noel sexy.
    vc tem q agradar suas leitoras! parece q só a macharada prepondera por aqui, um absurdo! =P

    • Adonis disse:

      A boa filha à casa torna êêê Seja bem vinda!
      Nada de homem pelado no meu blog. Isso vc acha no blog da So.
      Eu fantasiado? Quem sabe um dia, mas certamente este evento não será divulgado na internet. kkkkk Isso dá um problema…
      E a ideia do post é ser desagradável mesmo. =p Eu até avisei a So disso. Quero saber o que a minha musa achou.
      Boa noite!

  2. Aurora disse:

    Hmmm, o Adônis fantasiado, gostei da ideia…!!!!

    kkkkk belíssimo texto de Natal!!! E as ilustrações são primorosas, como sempre😀 Vou usar a do papai noel preso e a de submissão para colocar no meu post natalino alternativo…

    quanto a homens pelados no meu blog, postarei hoje no meu post natalino alternativo, se bem que não adianta, a Clara sempre acha-os todos muito gays…mas 1- não tenho culpa se os modelos gostosos fazem fotos apenas de olho no mercado gay e 2- gay ou não, a gostosura masculina continua a mesma😉

  3. Clara disse:

    Feliz natal

  4. JhowJhow disse:

    Feliz Natal atrasado pessoal… Estava demorando para o papai noel cometer suicidio, eu não teria aguentado a barra no lugar dele… Estava lendo uma matéria que dizia que até 1930 ou alguma coisa do tipo, o papai noel era magro e verde, mas isso mudou com a propaganda da coca… não reclamo do natal, pois é uma das poucas oportunidades de pedir mais livros de presente, e estou precisando aumentar minha aquisição… Em relação ao texto, excelente como sempre Mestre…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s