Dia das Bruxas – Halloween

Vassoura na calcinha! – Canal GND: Especial dia das Bruxas –  Halloween. Convidadas: Circe, Lilith, Morgana, Hecate, Ísis, Bruxa de Évora, Morrigan e Bruxa Má.

halloween tenha-um-otimo-dia-das-bruxas

Tema de hoje: homens

– Circe é uma bruxa feminista moderna, independente, esperta, desbocada, líder e linda. É a mais exigente das oito. Sou linda e moro em uma ilha povoada de animais, em especial de porcos. Sou muito inteligente, pois emito minhas opiniões a toda hora. Tenho uma vasta cultura, pois leio revistas de fofocas e assisto a novelas da rede Globo.

circe_by_milkydayy-d4os748 circe e seu banquinho

– O que eu posso falar sobre Lilith? Lilith é uma demônia linda, sensual, insaciável, cheia de tesão e que suga a força sensual dos filhos de Adão enquanto eles dormem. Ela odeia a humanidade, em especial os homens, e não aceita, nem nunca aceitou, ser submissa. É casada com Lúcifer, o portador da Luz, e tem um lindo filho chamado Mammom, o ganancioso. Enfim, Lilith é a rainha do Sucubus. Ui. Ah! Um detalhizinho, queridas. Dizer que sou um demônio feminino está errado, o correto é demônia. Desprezo línguas machistas, humpft.

lilith from hell

– Morgana, humm, o que eu posso falar de mim, ai gente, de tão bela e misteriosa que sou, alguns me chamam de fada, mas me orgulho de ser uma bruxa, embora não me vista como uma. Ai. Realmente tenho orgulho de ser bruxa e não é culpa minha que as pessoas me chamem de fada. Não se preocupem que não esqueço minhas raízes. Ai, é tão difícil explicar… Bom, moro na Ilha de Avalon e já tive um filho com meu irmão. Tempos modernos, né? Infelizmente, pai e filho se mataram. Homens… Enfim, sou instruída e forte. Tenho umas sacadas muito boas. Sou inteligente – já li Crepúsculo e 50 tons de cinza.

morgana

– Oi. Eu sou a Hecate. Ãh… Tudo bem?

hecate

– Ísis é mãe, esposa e líder. Senhora da magia e dona de casa. Mãe zelosa, matriarcal do lar, líder do Estado egípcio. Tenho múltiplas funções. Cuido do meu filho como se fosse um cão de guarda. Tanto ajudo e me intrometo, que dizem que acabo atrapalhando e me metendo onde não devo. Se Hórus e Osíris deixarem, tomo conta da vida deles integralmente, e não como hoje, em que concentro 90% das questões familiares.

isis egyptian-mother-goddess-isis-large-msg-120171724233-1

– Oi gentem? Meu nome é Bruxa de Évora, sou de Portugal, e sou muito animada, poderosa, tenho um caldeirão mágico, sou inteligente, engraçada, faladora, alegre e tudo de bom. Gosto de fazer amigos, conversar, cantar, dançar, ser feminina. Alto astral! Sou sonhadora, otimista e amiga. Sou prestativa. Gosto de fazer amigos e agradar o próximo. Acredito que as bruxas não precisam ser más… ai… sou tão polêmica. É o ônus de ser extrovertida e aberta a novas ideias. Sabe gentem, gosto tanto de falar. Costumam dizer que a língua é meu músculo mais desenvolvido. Se alguém me pergunta, por exemplo, se as caixas de eletrodomésticos que estão em um depósito qualquer são minhas eu não respondo simplesmente “não”. Eu começo a descrever meus eletrodomésticos, digo a data em que foram comprados, a marca de cada um deles, a especificação técnica, a data que foram desembalados, o trabalho que tive para montá-los e assim vai. Sabe, não sei parar de falar. Adoro falar. Eu falo alto para caramba, pois quero que todos me ouçam e não importa a hora e o local, pois desaprovo pessoas antissociais, que são aquelas que falam apenas o necessário. Sabe gentem, precisamos viver e para viver precisamos falar desenfreadamente até cansar! Bom, acho que estou exagerando. Vou parar de falar um pouco, tá bom? Não se preocupem, pois vou esperar as outras falarem para eu falar de novo, pois posso ser tudo, menos mal educada, rsrsrs.

bruxa de évora

– Gruhhhhh! Até que enfim parou de falar… Sou Morrigan e quero que acabem logo com esse programa especial para o dia das bruxas.

morrigan_by_genzoman-d39rcbs

– Eu sou a Bruxa má kkkkkkkk e vou fazer sopinha com as crianças!

bruxa má

– Então gentem, o assunto é homens! Meu assunto preferido! Ai homens. Adoro homens, embora às vezes eles sejam inúteis. Não sabem lavar a louça! Meninas, vocês acreditam que o meu feiticeiro só lavou meu caldeirão por dentro. Por fora ficou tudo sujo! Meu, será que ele nunca usou um prato? Não sabe que a poção mágica escorre? Ai, deve ser o cromossomo, deve ser o cromossomo. Preciso ficar fiscalizando. Preciso ensiná-lo e domesticá-lo. Dá até pena. A maior questão filosófica dele é:

– Por essas e por outras, odeio homens! Filhos de Adão malditos. Machistas, autoritários, bastardos, deveriam ser todos mortos! Só servem para fornecer energia vital. Nada mais! Vou fazer como no filme Matrix. Ficarão incubados e terão sonhos eróticos permanentes. Serão uma forma inesgotável de energia.

– Ai gentem, tadinhos! Eu…

– Vou fazer sopinha com as linguiças deles kkkkkkkkkkk

– Eles são porcos e minha magia sempre provou isso, humpft.

circe e porcos

– Não, Circe, estamos na modernidade. Transformar homens em porcos é errado. Não podemos nos rebaixar a esse nível. Estaríamos sendo igual a eles. Na minha ilha vige a igualdade entre os sexos, embora eu me reserve o cargo de administradora, governante, legisladora e juíza. Somos unidos, livres e todos me obedecem, por isso Avalon é um lugar feliz.

– Até eles quererem te estuprar e te usarem de objeto…

– Lilith, você deve esquecer Adão! Não guarde magoas. Faz mal. São águas passadas. Já tentou um psicólogo? Os filhos de Adão não tem nada a ver com o que o primeiro ascendente fez. Veja meu esposo e meu belo filho. São deuses íntegros e honrados, imperadores do Egito. A família é importante, sem os homens, não teríamos filhos, que são as maiores preciosidades que podem existir. Você é mãe, deveria saber disso. Ser mãe é a coisa mais bela que pode existir, desde que o filho não seja bastardo.

– E Anúbis nascido de uma sopinha de espermas indevida, ele não é o filho ilegítimo de Osíris?

– Bruxa Má, por favor, não vamos entrar neste assunto. Ísis não merece isso. Foi só uma escorregada. No mundo moderno…

– Eu nunca escorreguei e homens também não deveriam escorregar, por isso todos acabam virando porcos com minha magia. Veja as mulheres. Elas se transformam em outros animais, como calopsitas, gatinhas, porquinhas da índia, leoas, raposas, golfinhos…

– Vacas, galinhas, piranhas…  kkkkkkkkkkkkk

– Bruxa Má! Há bruxas mirins na plateia! Contenha-se. E eu não quero falar sobre Anúbis, ok? Do contrário irei me retirar. Estamos em rede nacional!

– Ai gentem, é um programa do GND, quase ninguém assiste e quem assiste não presta atenção! São pessoas desocupadas e entediadas. Pessoas que não trabalham e que não têm relevância alguma para a sociedade, a não ser consumir. Hello!!!! Não preciso lembrá-las disso. E antes que me critiquem, sei que não são todas assim, mas a maioria é. Há algumas variações, algumas são mais, outras menos. Não é todo mundo alienado, só alguns. Mas sabe como é, né? Não podemos julgar os outros. É que pessoas que assistem GND, aff…

– Não fale assim Bruxa de Évora, somos modernas, estamos em cadeia nacional. Devemos respeitar o telespectador. Somos inteligentes e só mulheres inteligentes nos assistem. Elas gostam de nossas ilações e conclusões sensacionais. Elas também leem 16 luas. Elas assistem Ana Maria Braga e Mulheres. São das nossas, mulheres a frente de seu tempo. Assinam Marie Claire e nunca trabalharam na vida e quando trabalharam, foram para o pai protetor ou por indicação de familiares.

– Masturbação mental e achismo. Odeio isso!

– Morrigan?! Não diga isso, querida.Isso não é moderno! Somos civilizadas. Nós devemos ser educadas e aprender a ouvir o outro. Eu até proponho que limitemos o tempo de cada uma e que quem quiser falar levante a mão. Daí eu controle a listinha. Ai, sou tão organizada e moderna. Represento a mulher do século XX, pois nós mulheres finalmente conseguimos nosso espaço e vamos conseguir mais e mais.

– Até subjulgarmos a prole maldita!

– E criarmos uma sociedade matriarcal.

– Quero ir embora, caramba!

– Mas nosso programa intelectualóide de opiniões acabou de começar, Morrigan. Mal falamos dos homens. Nem os conceituamos…

– Isso já fizemos. São porcos!

– kkkkkkkk

– Grossos!

– Traidores!

– Lilith! As crianças, as crianças!

– Punheiteiros!

– kkkkkkk

– Mas é verdade! Eles só pensam em sexo! Até durante o sono no qual tenho o poder de entrar! Por isso acordam de pau duro! É uma fonte inesgotável de energia vital. São objetos e assim devem ser tratados.

– Ãh!

– Gentem, Hecate quer falar! Silêncio! Por favor, amores! Gentem xiuuuu!

– Silêncio!

– Xiiiuuuu! Gentem! A Hecate quer falar.

– Xiuuuu!

– Silêncio! Silêncio.

– Hecate vai falar.

-…

– Ah, que pena, não foi dessa vez. Quem sabe da próxima vez Hecate fale alguma coisa! Ela é tão deslocada.

– kkkkkkkkkkkkkk Mais sopinhas de palavras estúpidas kkkkkkkkkkkkkk

– Gentem, vamos voltar para o assunto. Homens são maravilhosos. São divertidos!

– São palhaços, ridículos e sujos. Porcos!

– Não, Circe, não podemos generalizar. Vai me dizer que todos os homens que você transformou em animais viraram porcos? Seja sincera! Em Avalon, somos todas sinceras, até os homens. É um sinal de civilização, urbanidade e modernidade. É minha estratégia para conseguir um mundo melhor. Ai, sou tão foda!

– Tudo bem, eu admito, teve um que não virou porco.

– Jura?!!!! Ai gentem, que emoção. Conta! Conta! Conta!

– Impossível! Tudo que veio de Adão não presta! Só serve para fornecer energia vital. Devem ser escravizados e dominados.

– Ai, deixa ela contar, deixa ela contar. Estou ansiosa. Sou muito curiosa. Conta! Conta!

– Sim, deixa ela contar, estou curiosa também. Vamos, filha, em nome de Viviane, conte como aconteceu. Era um homem civilizado naturalmente? Jamais vi algum! Todos os homens de Avalon passaram por um duro processo de adestramento e feminilização para se tornarem sociáveis. O primeiro passo foi cortar o Heavy Metal. Depois cortamos o Rugby, o futebol, os filmes violentos, bloqueamos sites pornográficos e proibimos games.

– Não, não foi nada demais. Lancei a magia por engano sobre o Adônis de Perséfone e ele virou um tigrão.

tigrão

– Óhhhhhhhhhhhhhh!

– Ai que tesão!

– Ai, ai. Delicious…

– kkkkkkkkkkkkk

– Ah, mas é o Adônis, né? Esse não vale. Ele é muito civilizado e gentil.

– Mas ele é humano?! Tem certeza?!

– Ãh!

– kkkkkkkkkkk

– Gentem, preciso conhecer esse tigrão, que dizer, esse homem. Onde ele está? Ele precisa ser meu. Vou insistir, insistir, insistir, encher o saco, fazer de tudo para que ele seja meu! Mandarei cartas, emails, mensagens, brigarei, xingarei, ameaçarei de morte…

– Eu daria para ele.

– Como assim, Morrigan, até você? E Dagda?

– Eca!

– kkkkkkkkkkkkkkk

– Tadinho do Dagda.

– Ãh!

– Será que ele tem pau grande? Será que tem pegada? Será que faz bem as preliminares? Não vou conseguir dormir hoje pensando no Adônis…

– Gentem, somos mulheres cultas, não podemos tratar o bichinho como um objeto sexual… Temos que nos dar o respeito. Nós mulheres precisamos preservar nossa imagem, não podemos ser vulgares, se não vamos espantar os bichinhos. Os homens nos temem, sempre nos temeram, pois sabem que somos superiores. É claro que não precisamos nos omitir e ficar só esperando. Cada caso é um caso. É difícil dizer, mas em tese, bem, há situações que exigem certa conduta, outras… outras condutas e assim vale. Precisamos sempre sentar e conversar, falar, dizer, tagarelar. Enfim, trocar ideias é um fim em si mesmo. Algo que devemos fazer cotidianamente, mesmo que não haja necessidade, principalmente em programas como este. E não podendo esquecer de estarmos belas e maquiadas. Ajeitadas e sorrindo para passar uma impressão descontraída e angelical para as telespectadoras reprimidas que nos assistem em busca de respostas que são encontradas em qualquer livro de autoajuda ou mesmo no Google em algum blog qualquer. Sabe, a vida é assim mesmo, cheia… Ai gentem, estou falando de mais, né? Preciso dar um… hello!!!… para mim mesma. Hello Bruxa de Évora. Pare de falar, rs.

– kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

– Na minha mão ele vai virar tigrinho.

– kkkkkkkkkkkkkkk ele vai tomar sopinha entre minhas pernas

– Olha gente, o assunto está passando dos limites… Isso aqui não é um pornô para mamães. É um programa para todos os públicos, embora sirva apenas para preencher a grade horária e dar mais do mesmo para nosso pequeno público, ávido por mulheres bonitas falando e rindo sem parar, mesmo não tendo nada de profundo ou útil para dizer.

isis sexy

– Ísis, relaxa, as crianças hoje são mais maduras, já entendem essas coisas. Vivemos na modernidade.

– Relaxa e goza huahuahuahua

– Não pessoal, não pessoal, precisamos voltar ao assunto principal. Somo seres superiores, afinal. Não podemos fugir do assunto, não podemos dispersar. Precisamos falar do diálogo, da DR e da relação amorosa em si.

– Não vamos falar do tamanho?! O do Adão era pequeninho kkkkkkkkkkk

lilith e adão

– kkkkkkkkkkkkkkk

– Ãh.

-Humpft!

– Ok, ok, Ísis está irritada. Vamos falar sobre a educação deles.

– Sobre as limitações. Eles têm muitas.

– Sobre a sujeira que fazem.

– Ãh! Promiscuidade!

– Ai gentem! A Hecate falou uma palavra! Precisamos comemorar! Vamos para o clube das mulheres!

– Vão se foder!

– Ai credo, Morrigan. Que mal educadinha! Nós mulheres somos amigas. Somos unidas, lindas e poderosas!

– Vamos falar de preliminares, então. É uma conquista de nós mulheres. Homem precisa ficar uma hora lambendo, do contrário não presta.

– Os homens não fazem gostoso, só se importam com eles. Egoístas! Nunca querem ficar por baixo. Eles não se importam com nós.

– São porcos!

circe e porcos na ilha

– Mas é só dialogar! Precisamos conversar. Não podemos deixar nossos sentimentos escondidos. Sei que queremos parecer super poderosas, mas precisamos expor nossas inseguranças também. A sinceridade é sempre a melhor forma de proceder. O diálogo é tudo. Qualquer livro de autoajuda, entrevista de psicóloga, sexóloga, diz isso. É tão fácil ser sexóloga. É sempre a mesma ladainha aplicável a qualquer tipo de relacionamento e que qualquer pessoa instruída minimamente tem condição de saber.

– O maldito diálogo é a panaceia universal de todo o programa feminino! Sempre se fala nessa merda de diálogo, como se fosse a maior descoberta da humanidade. Odeio esses programas de achismos e risadas falsas de quem se acha inteligente mesmo não tendo critérios objetivos para demonstrar alguma inteligência e que só atrai a audiência de um público reprimido e desocupado. É sempre a mesma bosta! As mesmas conclusões. A mesma futilidade. Programa vai, programa vem. Os assuntos continuam repetitivos e sendo abordados de forma rasa, despreocupada e displicente. Ai, o tamanho importa? Ai, ele não quer fazer sexo, o que eu faço? Ai, devo discutir a porra da relação? Ai, ele tem outra? Ai, ele brochou, o que eu faço? Ai, ter filhos ou a profissão? Ai, pílula engorda? Ai, onde fica o ponto G? Ai, homens são diferentes, como conviver com isso? Ai, é a hora de casar? Ai, eu devo chegar junto ou esperar ele tomar a atitude? A idiotização do público feminino com magazines televisivas! Odeio baixaria. Odeio mais do mesmo. Odeio o manejo indiscriminado do nós-inclusivo que faz parecer que nós todas somos amigas, mas que na verdade cria uma trincheira que separa os gêneros. Odeio o manejo de verbos imperativos que buscam orientar e aconselhar o comportamento das mulheres, que buscam fazê-las consumir quinquilharias domésticas para ter a casa dos sonhos. Odeio a tentativa megalomaníaca desses programas televisivos para mulheres de tentarem aproximar apresentadoras de telespectadoras, trazendo experiências próprias (ou não) para a telinha. Todo ser humano, de qualquer sexo, deve trabalhar e estudar, ser independente, ético, crítico e não aceitar papeis sociais impostos pela mídia. Não deve aceitar essa guerra velada entre os sexos. Essa banalização de favores para mulheres, como ônibus rosas só para elas, programas só para elas, revistas só para elas. Tudo isso é um reflexo do machismo, pois se este não existisse, programas estúpidos como este, que buscam moldar o comportamento das mulheres, não existiriam. Vão ler Hannah Arendt, Machado de Assis, Kant, Clarisse Lispector ao invés de assistir programas como Saia Justa, Papo Calcinha, Ana Maria Braga, Encontro com Fátima Bernardes e similares. Adeus, imbecis!

– Ela já foi? … Gentem, a Morrigan é muito mal educada. Ela não pode falar assim com a gente! Que coisa feia!

– É falta de sopa de porra kkkkkkkkkkkkkkkk

– Bom, queridas, vou embora, preciso voltar para o Inferno. Essa maluca me deixou irritada. Nós mulheres não podemos ser assim. Aquela estúpida… Parece homem! Mulheres devem ser educadas.

lilith and lúcifer

– Ela é falsa e frustrada. Também, está casada com um gordo comilão. Viu como falou do Adônis? Prefiro passar a eternidade sozinha. Bom, preciso voltar para meu chiqueiro.

– Devemos ser civilizadas e modernas como Morgana, euzinha, ensina em Avalon! Se isso acontecesse no meu lar perfeito, ela teria a pena de morte! Odeio falta de educação. Bom, estou voltando para Avalon.

– Preciso cuidar do meu marido e do meu filho. Eles não sabem fazer nada sem mim. Preciso lavar a louça, cozinhar e passar a roupa. Eles não sabem fazer isso e quando jogo na cara deles, dizem que quando moravam sozinhos não faziam nada disso ou faziam apenas uma vez por semana e eram felizes. Tadinhos, não sabem que limpar a casa deve ser todo o dia. Um ambiente limpo, sem nenhum pozinho é essencial para a felicidade do lar e do casamento. Não sabem que para lavar o banheiro não basta só água, mas que há toda uma técnica milenar para tanto, capaz até de deixar o rejunte branquinho, pois se não tiver branquinho, não adianta, não estará limpo, estará nojento. Enfim… sobre nós mulheres recai o maior ônus e devemos sempre lembrar  isso aos homens e eles são sempre culpados, inclusive por nosso estresse e neuras.

– Gentem, todo mundo vai embora, até a Bruxa má foi. Que safada! Agora que estava ficando legal nossa conversa produtiva e inteligente. Ué, só vai ficar a Hecate?!

– Ãh!

– Gentem, fui. Tchauzinho. Hecate, querida, não vai dar para ficar conversando com você, embora eu adore, preciso… preciso… bom preciso fazer alguma coisa, não quero, quer dizer, não posso ficar, mas eu te amo. Ah! Antes de sair, apague a luz e feche a porta. Estamos em noite de Haloween e sempre vem uma criança gorda e idiota pedir doces e fazer gordices.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Fonte teórica de consulta.

Dia das Bruxas _862479313_diadasbruxasDia das Bruxas (queria ser o carinha no caldeirão)dia das bruxas -11017Dia das bruxasdia_das_bruxas halloween

Enquetes envolvendo bruxas:

Feliz Dia das Bruxas!

13 pensamentos sobre “Dia das Bruxas – Halloween

  1. Aurora disse:

    Kkkkkkkkkkkk

    E alias….vai ter troco😛

    • Adonis disse:

      vc já leu tudo?

      • Aurora disse:

        Claro!!! Sou uma bruxa má do século XXI, lida, culta e erudita, oras😛

        Homens….pfffff. As bruxas estavam certas! Eles sequer sabem a diferença entre lousa e louCa com cedilha kkkkkkkkk

      • Adonis disse:

        para uma professora que cozinha é fácil saber a diferença desses termos. na mitologia e no direito não usamos esses vocábulos =p Além disso, estou cansado de escrever, minhas costas doem e meus olhos estão quase fechando. Ia publicar a 41ª parte do épico, mas hoje não dá. Preciso ler, reler, fazer alterações, pesquisas e etc. Afinal de contas meu blog não é um grande recorte e cole =p

      • Aurora disse:

        !!!!!!

        Dores nas costas, pfffff…quero só ver se será uma desculpa amanha! Não terei dó!!!

      • Adonis disse:

        Vou nanar!
        Boa noite amorzinho!

      • Adonis disse:

        PS: continue comentando =p

      • Aurora disse:

        Que comentando que nada, preciso ir, caso contrario amanha chegarei atrasada😛 beijos e boa noite, tigrao tricolor!

      • Adonis disse:

        Boa noite =)

  2. claranoorbe disse:

    AHUAHUUAHUAHUAHUUh!!!!!!

    adorei!!!

  3. arthur disse:

    Hecate falo bonito.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s