Top 10 da Mitologia Judaico-Cristã – Veja as entidades mais poderosas da mitologia judaico-cristã!

Leiam A Nova Teogonia Livro I e Livro II, livro de minha autoria.

A Nova Teogonia tem na Livraria Cultura também!

xxxxxxxxxxxxxxxxxx

10º Morte: Se você escapou da guerra, da fome e da peste, prepare-se! O Cavaleiro do Cavalo Baio (amarelo-esverdeado: a cor do cadáver que se decompõe) traz consigo a morte, a privação do plano terrestre, sendo ele o último cavaleiro, o do quarto selo e o mais implacável. Depois dele, a vida não existe mais. A tradição popular perpetuou a ideia de que este último animal seria uma égua esquálida e não um cavalo. A citação do Inferno que a acompanha é, tradicionalmente, representada pelo Leviatã a engolir as vítimas, destinadas à morte eterna.

morte o quarto cavaleiro do apocalipse

9º Lilith: Mulher bonita e silenciosa (essas são as mais sensuais e perigosas); a Serpente da Sedução; a Mãe da Luxúria (delícia). Demônio feminino, mãe de inúmeros demônios. Possuidora de grande beleza. É a concubina preferida de Lúcifer e possui o título de rainha do Inferno. Lilith é um Succubus. Lilith foi a primeira mulher de Adão; a primeira mulher criada por Deus e que antecedeu Eva. Contudo, ao contrário de Eva que foi criada a partir da costela de Adão, o que significa submissão, Lilith foi gerada do mesmo pó estelar da supernova que deu origem a Adão e, por isso, revelava traços de grande independência, o que desagradou ao seu esposo humano (machista). Lilith era também livre e lasciva e se recusava a sujeitar-se sexualmente a Adão ou sequer a se submeter à sua suposta superioridade, (Lilith recusava-se a ficar por baixo de Adão durante o coito). Porque insuportável a vida em comum, Lilith abandonou o Paraíso e fugiu para o Mar Vermelho, onde conheceu e manteve relações com diversos demônios (orgias). Hoje Lilith odeia toda a prole de Adão, logo, você homem, tome cuidado durante seus sonhos.

lilith-lc3baxuria

8º Arcanjo Gabriel: um anjo que serve como mensageiro de Deus. Ao anjo Gabriel foi confiada a missão mais alta que jamais havia sido confiada a alguém: anunciar o nascimento do Filho de Deus. Por isso, é muito admirado desde a antiguidade.

Gabriel_by_GENZOMAN

7º Astaroth: Um dos príncipes dos infernos. Tem seu nome citado na obra de Salomão. É um demônio da primeira e mais alta hierarquia. Ele influi sobre os pecados da PREGUIÇA e vaidade. Possui capacidade de ensinar ciências matemáticas (é da Poli) e encontrar tesouros escondidos. Patrono dos banqueiros (huahuahuahauh agora eu entendo porque odeio bancos) e homens de negócios, ele representa a ganância e a confirmação da posse; governa as paixões por jogo e dinheiro. Ele, também, pode responder a qualquer pergunta, se feita conforme as suas regras ritualísticas, ou seja, é formalista como o STJD, embora, diferente deste, saiba que uma lei federal tem primazia hierárquica sobre um mero regulamento administrativo.

astaroth

6º Baal: Um dos sete príncipes do inferno, comandante das Tropas do Inferno, ou seja, uma das maiores potências militares dentre os demônios. Sabe-se também de sua natureza hermafrodita que dá o poder do masculino e do feminino. Já foi adorado por caldeus, babilônios e israelitas.

ball demon

5º Arcanjo Miguel: lidera os exércitos de Deus contra as forças de Satã e seus anjos e os derrota durante a guerra no céu. É o mais poderoso dos arcanjos. É conhecido como “o matador de demônios”.

Archangel-Michael-love-angels-30395173-600-700

4º Belial: Seu nome deriva do hebraico e significa Rebelde, Profano, O Desprezível e/ou Desobediente. É um anjo destruidor. Acaba com tudo: casamentos, negócios, saúde e a felicidade em geral. Comanda as forças infernais contra as forças de Deus e é tido como o mais importante príncipe dos infernos, braço direito de Lúcifer, possuindo ao seu dispor oitenta legiões de demônios. Ele é responsável pelo pecado, orgulho, arrogância e pelo bando de loucos. Antes da revolta contra Deus, Belial era o primeiro arcanjo da criação na hierarquia celestial, seguindo-se depois dele, em segundo lugar, o arcanjo Miguel (que assumiu o posto após a revolta de Lúcifer ser derrotada), Gabriel em terceiro, seguido de Uriel em quarto e Rafael em quinto. A sua expulsão do reino de Deus consolidou a hierarquia celeste tal como a conhecemos hoje em dia.

belial-demonio-poderoso

3º Metraton: Também conhecido como Metatron, Matretton, Mittron, Metaraon, Merraton. Nos escritos que não pertencem às escrituras, Metraton é um super anjo. O seu nome inclui o título de Rei dos Anjos, Príncipe da Face Divina, Anjo da Promissão e muitos outros. Ele liga o humano ao divino. É o Senhor dos Pesos e Medidas (uma espécie de Inmetro celestial).
Metraton é o mais exaltado ser das Hostes Angélicas. Rege e administra todas as hierarquias divinas que trabalham na manutenção, ordem e “evolução” da vida celestial e terrena, não somente em nível físico, mas em todas as 10 dimensões, que vão do físico ao superdivino.
Muitos mitos rodeiam Metraton, incluindo o de que ele possa ter sido um mortal (o profeta Enoch) que se transformou em anjo, o de que agora funciona como um escriba oficial divino, o de que detém todos os segredos escritos e o de que vigia tudo o que os seres humanos fazem, sendo, pois, o BBB dos BBB’s.

metraton

2º Lúcifer: Significa “estrela da manhã”, “estrela da alvorada” ou “luz da alvorada”, estando todas estas expressões associadas ao planeta Vênus (um verdadeiro inferno planetário de enxofre, calor e pressão atmosférica incompatíveis com a vida) que, antes da alvorada, aparece como a primeira fonte de luz do dia que esta para nascer. Ele é o mais belo, sábio e poderoso ser criado por Deus. Um querubim caído cujo exílio do reino de Deus se deveu à sua tentativa de usurpar o trono do seu pai e ser igual ou superior a Deus (se era sábio e poderoso, tinha plenas condições de aferir se era ou não possível derrubar Deus, e como houve a tentativa de golpe, esta prova que Deus é derrotável). Lúcifer, assim, gerou uma guerra celestial, pregando liberdade. Havendo-a perdido, apesar da Blitzkrieg Celestial, ele e todos os anjos que o apoiaram, cerca de 1/3 dos anjos dos céus, foram banidos da presença de Deus e exilados vítimas de uma poderosa maldição no mundo dos mortos, ou “Sheol”. Lúcifer foi feito a partir do fogo no primeiro dia da criação, é possuidor de doze asas brancas de invulgar envergadura e é o primeiro filho de Deus. Lúcifer é também conhecido por ser o “portador da luz”, pois é o anjo da sabedoria e pode facultar sabedoria sobre todos os mais profundos segredos místicos e do oculto (por isso muitos vendem a alma para ele); é também pai de Mammon e possui 5 consortes (só?!?!?!), sendo que Lilith é a sua imperatriz.

Lucifer mal

1º Deus: Onipresente, onisciente, onipotente. Para muitos é incorpóreo; um ser intangível. Alguns acreditam que Ele deu aos seres humanos o livre arbítrio e se mandou ou morreu; outros que tudo o que estamos fazendo, fizemos e faremos já é de seu conhecimento. Ou seja, tudo está escrito nas estrelas. O fato de exigir apenas a crença em sua existência para ser perdoado é motivo de chacota para quem nele não acredita, pois desconsidera totalmente a justiça humana e os efeitos materiais da delinquência. Questiona-se o fato de Deus precisar manter um exército celestial: por que mantê-lo se é onipresente, onisciente, onipotente? Questiona-se a existência e revolta de Lúcifer: seria um terço dos anjos tolo ao se juntar a Lúcifer? Se Lúcifer é a criação perfeita de Deus, por que não deixá-lo no poder? Por fim, seria o ostracismo eterno imposto a Lúcifer e a seus seguidores razoável? Enfim, não se sabe se criador ou criatura é a mais poderosa no mano a mano, pois não dá para afirmar que a onipresença, a onisciência e a onipotência sejam características que superem a perfeição de Lúcifer, uma criatura celestial, filha de Deus, entretanto é certo que O Criador tem o apoio de dois terços dos anjos e por este critério objetivo pode ser considerado o mais poderoso da mitologia judaico-cristã.

deus Differance-between-Need-and-Want-63541497814

Veja os dez mais da mitologia nórdica aqui.

Veja os dez mais da mitologia egípcia aqui.

Veja os dez mais da mitologia hindu aqui.

Veja os dez mais da mitologia grega aqui.

Veja as dez maiores guerras da mitologia aqui.

A Nova Teogonia, livro que eu escrevi, está disponível na editora Asabeça ou pode ser comprado comigo =)

Enquetes relacionadas:

35 pensamentos sobre “Top 10 da Mitologia Judaico-Cristã – Veja as entidades mais poderosas da mitologia judaico-cristã!

  1. Lucífer tá parecendo o Sephiroth do Final Fantasy

  2. JhowJhow disse:

    Yoh, Adonis. Então, falar sobre o cristianismo é um tema delicado. As outras mitologias/religiões da pra pegar os textos, comparar e chegar a um consenso pessoal. O cristianismo já é um pouco mais dificil, pois td texto sagrado é tido como oficial por suas vertentes mesmo que entre em conflito. Um dia eu queria ver o que tem nos arquivos secretos do vaticano. Em relação ao top 10, posso dizer que fiquei triste ao ver que os principies dos pecados capitais não estão na lista, assim como a arcanja Ariel, senhora dos desejos ou algo assim…

    • Adonis disse:

      Sei lá, tenho a impressão de que falar de religião, em especial a cristã, é como falar sobre o nada. Afinal de contas, as premissas de que Deus existe, que Jesus existiu e foi quem foi, e que a Bíblia é um livro sagrado, livre de qualquer suspeita e repositório da verdade, são praticamente absolutas para qualquer cristão. O resto é só achismo e interpretações subjetivas. Não gosto de religiões, principalmente as monoteístas. Procuro me manter longe delas. Embora eu não seja um cientista e esteja a anos luz de se tornar um, prefiro a ciência, pois ainda que ela não tenha a resposta para tudo, pelo menos não se acomoda com verdades impostas e sempre está em busca de respostas. A ciência permite pesquisar, estudar, experimentar e discutir, o que faz mais meu perfil. Para mim, religião não passa de uma forma de controle social e como não quero nenhuma pseudo autoridade moral dizendo o que devo fazer ou não, fico bem distante dessas autoridades. É certo, porém, que as respeito, mas esse respeito deriva mais da convicção de que devo tolerar o próximo para viver em sociedade do que na convicção de que todas as religiões devem ser respeitadas. Fosse por mim, elas nem existiriam.

      • Muitas belas histórias estariam perdidas se não fosse por algumas religiões. Eu tenho minhas próprias teorias em relação a existência ou não delas.
        P.S. Acho meio chato me esconder quando dou opiniões. Irei parar de assinar como Jhowjhow e usar meu nome real.
        P.S.S. Completamente desnecessário eu falar isso.

      • André de Figueredo disse:

        Mano ejaculei agora acho que somos gêmeos ou nossos cérebros foram duplicados porque se me perguntassem eu diria exatamente isso (só falta o gosto musical ser igual tbm)

  3. Leticia Gabriele disse:

    Esqueceu de Jesus Cristo…

  4. johanneskp21 disse:

    Se não muito me engano, existe uma passagem da bíblia onde Lúcifer testa Jesus, e Jesus faz ele perder a calma facilmente. Não estou com a memória refrescada sobre o assunto, já que a última vez que li a Bíblia foi a 3 anos atrás(2012) quando comecei a me interessar pelo assunto mitologia. Caso o feito citado acima estiver correto, creio eu que Jesus merecia pelo menos uma menção bônus na lista.

    • Adonis disse:

      Só li o capítulo do apocalipse na Bíblia… Mitologia cristã não conheço muito. De fato, acho que foi um pouco açodado este top dez. Na época em que fiz a lista, eu estava estudando demonologia e angeologia para um outro livro que estava escrevendo, mas que há muito está estagnado, pela metade. Um dia voltarei a escrevê-lo e a estudar as lendas cristãs. Abraços!

      • sandro disse:

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Adonis a trindade divina esta cagando pra o que vc acha deles cara, até por que o pai o filho e o espirito santo não precisa de você, mas vc sim precisa deles, gente como você é uma piada pra nós cristãos, por que no primeiro aperto que a vida da, vcs clamam logo por deus, então não vem com chorumelas.

      • Adonis disse:

        ok, mas a piada é recíproca.

        Não sei como você pode falar sobre o que faço quando a vida aperta, pois não me conhece. De todo modo, saiba que recorro aos meus familiares, aos meus amigos e à minha consciência.

  5. Creio que as diretrizes dessa matéria seja voltada para o conhecimento alquimico, teosoófico ou zoroastico, mas é certo que Deus é um ser predominante divino e criador, como pode uma criatura ser capaz de ferir o criador? Rebelar-se não significa conquistar, é tanto que caiu tentando perdeu sua graça e foi reduzido ao que vemos como o mal!

    • Adonis disse:

      O ciclo da vida é uma relação de criador e criatura, assim é possível e esperado que o criador seja superado pela criatura. Que o diga Frankenstein!

  6. pedro disse:

    Meus irmãos tudo isto é tudo enganadiço do demónio convertam-se leiam o invaginação rezem o santo Rosário para que Deus ilumine as Vossas Vidas, Até o anjo da guarda é mais poderoso que qualquer demónio por que ele esta a Luz Divina, Jesus e Maria Esmagaram a cabeça da Serpente

  7. DAVI disse:

    Acho legal suas pesquisas, mas acho ridículo o jeito, a necessidade que vc tem de insultar o cristianismo…

    • Adonis disse:

      rs.
      Sim, também acho, em parte.

      Estou tentando diminuir minhas manifestações de ojeriza ao cristianismo e às religiosos monoteístas.

      Não vale a pena.

      Daqui a pouco começo a agir como um cruzado ou um inquisidor, ou mesmo ser conivente com estados totalitários ou ainda interferir na política nacional com pautas de intolerância, como sói acontecer com grupos religiosos. Bom, não quero isso para mim. Vou deixar minhas críticas para meu próximo livro “Lúcifer e a conspirações dos arcanjos”. Vou espalhá-las pelo livro.

      De todo modo, acho que há um motivo para que meus “insultos” e ironias ao cristianismo tenham aumentado nos últimos tempos. Estou casado com uma mulher que vai toda a semana à Igreja e que tem uma família católica praticante, repleta de padres e pessoas tementes a um deus. Até pouco tempo atrás, eu tinha que ficar repetindo a todos, a todo momento, que queria distância de Igrejas, religiões, missas e dos respectivos deuses; e que não acreditava em nada disso. Às vezes, eu tinha que ter paciência para ouvir a palavra deus terminando cada frase do meu interlocutor e ainda aguentar presentes, símbolos e conselhos de pessoas religiosas. O pior é que sou obrigado a agradecer por esses “presentes”… Tive que presenciar até um padre benzendo minha casa, mesmo eu falando que não queria estar presente, e ainda me acharam ignorante quando demonstrei explicitamente insatisfação, o que fez o padre sair ofendido e bufando de casa. E sabe de uma coisa: não me arrependo.

      Acho que as religiões são um câncer para a Humanidade e estou tentando ser coerente com minha visão. E de todo modo, não pressiono as pessoas a serem ateias. Fico na minha. Não quero ser incomodado com questões que não fazem o menor para mim. Ser visto como alguém estranho só por não acreditar em uma entidade sem sentido ou por não ver qualquer sentido na bíblia é ultrajante.

      Outrossim, nem preciso dizer que muitas dessas pessoas religiosas com as quais convivo ou que aparecem na mídia demonstram mais vícios e “praticam” mais “pecados” do que eu e pior é que acreditam que só o fato de frequentarem a Igreja os liberta de suas falhas e contradições. E tudo isso era e é um pouco irritante. Ainda hoje tenho que me livrar desses eventos religiosos (missa, batizado, casamento etc), mas com menos frequência. O bom é que pelo menos hoje eu preciso falar apenas uma vez que não quero me misturar ao rebanho, porque se eu precisar falar mais de uma vez vai ter briga.

      Talvez meus “insultos” sejam um pouco reflexo disso, mas não acho que tenha insultado ninguém ou o cristianismo, normalmente sou direto e reto quando quero fazer uma crítica ou insulto.

      Bom, de todo modo, obrigado pela crítica. É bom ter um feedback. Além disso, do jeito que o Brasil anda religioso, é melhor não se arriscar, né? E obrigado pelo elogio =) Gosto de fazer enquetes e escrever textos.

      PS: compre meu livro “A nova teogonia”: https://fenixdefogo.wordpress.com/2015/11/16/a-nova-teogonia-esta-no-site-da-livraria-asabeca/

      Tem na livraria cultura também!

      Abraços!

      É mitologia pura. Depois, fique à vontade para criticá-lo.

      • Maico disse:

        Olá, td bm ? Achei seu texto interessante. Não lhe critico por ser ateu, porque também não quero que me critiquem por ser cristão; porém, não vou te aplaudir por essa constatação. Eu até “entendo” que algumas pessoas tomam essa postura, pois o mudo tem muitas desgraças sem explicação e desnecessárias, seja feita pela mão do bom, seja por fenômenos naturais. Mas o fato é que algumas personagens não se encaixam em mitologia cristã e muitas nem são mitos. Por exemplo Baal poderia se encaixar, por um lado: porque era um falso deus, ou seja, existia apenas no imaginário dos povos que o adorava, mas, por outro lado não. Por quê? Porque, embora ele não existisse, é fato comprovado em registros antigos que a adoração prestada a ele existiu.
        Outra personagem que pode se encaixar na mitologia cristã é o “arcanjo Gabriel. Por quê? Por que ele não é um arcanjo, ele é um anjo bom muito poderoso e respeitado (de fato fazia parceria com o arcanjo Miguel). Miguel sim é o unico arcanjo que se tem registro. Arc significa “superior”, portanto, ele é líder dos anjos. Em outra circunstância, Gabriel não pode se enquadrar na mitologia, simplesmente poque ele é real. Bem como você não acredita em Deus, fica um pouco difícil de explicar, mas eu costumo ressaltar da seguinte forma: eu, você e todo humano, normalmente, somos racionais e inteligentesou, certo?. Logo como poderia um ser racional afirmar que nos originam os dos macacos, apenas por algumas semelhanças? E, depois, se o macaco se evoluía até se tornar humano, por que não continua evoluindo? E se toda matéria orgânica e inorgânica, teve sua origem mo Big Bang, por que acreditamos nesse fato surreal se somos racionais? E ainda, a Bíblia já afirmava verdades que os homens só descobriram recentemente, (olhando desse ponto de vistahá) centenas de anos atrás; para dar-lhe apenas um exemplo: o fato da Terra ser redonda. O profeta Isaías já sabia disso há mais mil anos! Ele refere a Terra como tendo formato de im cículo. infelizmente, me foge a memória o capítulo bíblico em questão.
        Eu reforço o respeito que tenho pela sua posição em ser ateu, como respeito a posição de pessoas que acreditam em um ou vários deuses, porém, como escritor, assim como você, dou-te uma dica: não chame tudo de José, só porque os outros te disseram. Não chame tudo de “mitologia” só porque outros também o chama. Abraço e sucesso!

  8. Vitor disse:

    Acho que se retirasse a santissima trindade da batalha Metatron vencia todos de maos amarradas (ele nao faz isso por que nao tem a permissão de Deus)
    P.S. Sou evangelico espiritualizado

  9. Vitor disse:

    Adonis,se Deus por algum motivo resolver tocar sua vida como humano na terra e resolver escolher um sucessor que voce acha que ele escolheria ?

    • Adonis disse:

      Não acredito em Deus, porque não há motivos para acreditar, visto ser ele desnecessário e improvável. Também não acredito que alguém deva fazer às vezes de Deus, pois os seres humanos são racionais e, em conjunto, podem fazer coisas magníficas. Acredito que nós humanos não precisamos de alguém que nos dirija ou justifique nossa existência e objetivos de vida. Não acredito que uma entidade cósmica seja necessária para que as pessoas se tratem bem. Acredito no trabalho, nos estudos e na visão de Humanidade como uma civilização e disso vem nossa moral, não de um livro mal escrito como a Bíblia ou da palavra de padres e pastores que vivem da fé alheia.

  10. Perfeito! Adorei seu blog. Também sou ateu, tenho 15 anos, e há quase dois anos abri minha mente para a Ciência. Meus pais são religiosos, mas respeito a crença mitológica de cada um da minha família. Enfim, parabéns pelo conteúdo. Mesmo sendo ateu, amo mitologia, e me interessei um pouco pela mitologia cristã hahah.

    • Adonis disse:

      Bacana! É difícil alguém tão novo ser ateu convicto e entusiasta das ciências, principalmente em um país como o nosso onde as igrejas se proliferam, onde o Estado, que deve ser laico, é tomado por bancadas que trazem questões religiosas ultrapassadas à pauta a todo momento e onde os canais de tv aberta se vendem para a indústria da religião. Parabéns! Espero que se torne um cientista e traga o primeiro prêmio Nobel (de alguma área das ciências) para o Brasil. Fico decepcionado por saber que não temos esse prêmio ainda.

      Gosto muito de ler sobre ciência (especialmente sobre astronomia), embora eu trabalhe na área jurídica.

      Quando puder, leia o livro “Deus um delírio” de Richard Dawkins. Ele apresenta inúmeras ideias e argumentos geniais.

      Abraços!

      • Sim, meu sonho é ser astrofísico. Já que gosta de astronomia, curta minha página no Facebook, tenho um conteúdo bom também hahah: http://www.facebook.com/mundodaastrofisica/
        Bem, quanto ao Richard Dawkings, é um de meus ídolos. Já ouvi falar do livro “Deus um delírio”, tanto que é um dos mais famosos dele. Já li vários trechos e passagens do livro, e pretendo comprá-lo em breve.

      • Gustavo disse:

        Tentei ser ateu em uma época da minha vida a onde passei a questionar a existência de Deus. depois de um tempo pensei comigo mesmo” se Deus existe ou não, encostrarei uma forma na ciência que prove minha razão.” Mas claro obviamente acreditar em Deus é uma questão de fé. depois de investigar e ler muto sobre religião e ciência eu mudei minha visão sobre a existência (isso mesmo existência).Eu demoraria muito tempo para explicar meu ponto de vista ou para resumi-lo.
        mas a teorias na ciência e provas na historia que dão embasamento para a existência de um universo espiritual.
        Deus existe mas nós somos burros e arrogantes de mais para entende-lo.

      • Adonis disse:

        Não entendi: você diz que deus é uma questão de fé e logo depois diz que também é uma realidade comprovada pela história e por teorias na ciência.

        Se é uma questão de fé, tanto faz, acredite sem provas, não temos o que conversar, pois não dá para questionar uma mentalidade irracional, ou seja, uma crença. Quando religiosos questionam a crença alheia, apontando falhas e contradições visíveis, eles se matam. Então se for uma questão de fé, não temos o que conversar. Dedique sua vida ao deus em que você acredita e eu dedico a minha vida à razão, ao trabalho, aos estudos e ao lazer.

        Se é uma realidade comprovada pela história e por teorias na ciência, eu sinceramente nunca as vi. Não preciso de deus para admirar a natureza, o universo e o fato de eu estar vivo. Também não acho apropriado invocar deus sempre que não seja possível explicar alguma coisa, pois esse tipo de proceder abala a capacidade de pensar e pesquisar. Arrisco dizer que o Brasil não tem prêmio Nobel algum por causa das religiões cristãs, que potencializam a preguiça mental.

        Se é concomitantemente uma questão de fé e também uma realidade comprovada, concluo que deus pode significar tudo e nada ao mesmo tempo, sendo, portanto, irrelevante.

        A existência ou inexistência de deus, seja qual for o seu deus, não pode ser provada, por questões de lógica. Se eu afirmar que dentro do núcleo do Sol tem dois átomos de urânio, como eu irei provar que realmente estes dois átomos existem e como você irá provar que eles não existem? Não posso provar a inexistência de algo cuja existência não se tem sequer indícios.

        A questão relevante é saber se deus – um dos dois mil deuses e deusas em que as pessoas, de diferentes religiões, ao redor do mundo acreditam – é provável e se é necessário. Não vejo probabilidade considerável que ele ou eles existam e não acho que um ou vários deuses sejam necessários. O verdadeiro milagre é que “milagres religiosos” não existem. Além disso, as teorias científicas mais modernas apregoam que o nada não existe, logo não é necessário um criador.

    • Gustavo disse:

      É uma questão de fé por que como vc mesmo disse é impossível de ser provável a menos que ele queira o que parece que ele não está interessado, pelo menos não da forma que nós estamos interessados.
      Mas o que eu quis realmente dizer (ou insinuar) é que existe sim um caminho logico até Deus.
      Vou apresentar alguns pontos que claro não provam a existência de Deus.
      Uma das coisas que ocorre é o fato de sermos limitados pelos nossos sentidos como visão, audição, olfato, etc. sendo a visão o mas importante deles, muitas das nossas decisões estão ligadas naturalmente a visão. Diferente de outros animais por exemplo. Isso explica por que a ciência tem ainda mau desenvolvida a propagação de som no espaço , a visão é mais importante para nos. Porem se fossemos criaturas diferentes este interesse poderia mudar. Talvez a ciência dos sons espaciais seria melhor desenvolvida. …
      Pensando desta forma vamos imaginar um pequeno microrganismo dentro do nosso corpo com seus sentidos mais limitados que o nosso vamos imaginar que apesar de sua limitação ele possa raciocinar como humano o que ele entende o que é seu universo.
      se esta criatura disser “e se eu estiver vivendo dentro de outro ser maior”
      ela não poderá provar por causa de suas próprias limitações e das limitações de seu” espaço”
      é o mesmo conosco e Deus. Dependemos dele não é que ele não exista é que talvez ele simplesmente não esteja interessado em provar alguma coisa.
      Ainda coloco a propia existência de vida em check neste caso a vida não faz sentido logico no universo sendo algo de veras bizarro. E isso mesmo se existir em abundancia no universo.
      Ela simplesmente foge do padrão a que se comporta o resto de tudo e isso de tão forma. Que se focemos seres feitos de outro materiais como exemplo matéria escura, provavelmente não acreditaríamos na existência de vida a base de agua e carbono pois seria algo bizarro de mais.
      Este pequeno paragrafo acima abre outro precedente interessante se algo como a vida pode existir no universo quem me garante que coisas mais bizarras e interessantes do que nos possam existir ?
      Percebeu no final somos limitados de mais é provável que Deus tenha mandado anjos para se comunicar com os homens na antiguidade mas fomos burros de mais para entender isso explicaria as falhas na bíblia e outras coisas.
      Bom este foi um pequeno trecho resumido sobre meus pensamentos atuais desta questão.

      • Adonis disse:

        Bulverismo: argumento que parte do pressuposto de que o oponente está errado… Você está partindo da premissa que seu deus exista, então não preciso considerar o que você diz.

        Se vivemos num mundo material, limitados por nossos sentidos, deus está fora de nosso mundo, porque é imaterial, não pode nos afetar, portanto, não existe.

        Microrganismos não são racionais…

        Se seu deus não está interessado em provar a própria existência, é provável que ele exista ou que não dê a mínima para você.

        E se deus fosse autoevidente, certamente não teria questionada a existência, mas como não é, sendo apenas uma ideia, pode ter a existência questionada. E se é uma questão de fé, acredite em unicórnios, fadas e bruxas também. É mais legal!

        O surgimento da vida não precisa ser explicada pelo “deus das lacunas”, aquele que sempre é invocado para explicar algo que ainda não se sabe. É uma forma muito preguiçosa de pensar.

        Ainda bem que somos limitados, pois se fossemos onipotentes não teríamos motivação para fazer nada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s