Hércules – Crítica: hercules the thracian wars

Acho que foi o melhor filme de mitologia que assisti na vida… mas ainda assim é “meia boca”. Está muito aquém do que eu sonho um dia assistir.

 

Hercules-The-Rock-HD-Wallpaper-3-26-2014-01

 

Acho que gostei (um pouco) do filme, porque ele tentou ser “realista”, se é que isso é possível quando tratamos de um filme sobre mitologia, e buscou algo diferente: tratar a história de Hércules como uma lenda.

hércules

Vendo o filme, no melhor estilo machadiano, em Dom Casmurro, não dá para saber se Hércules é ou não filho de Zeus. Não é possível saber se os feitos de Hércules (os doze trabalhos) foram reais e, sendo-os, se o pretenso semi deus foi ajudado ou não por seus companheiros. É um filme que se pretende épico e intelectualóide. É assim como o vejo. Quer ressaltar a importância das lendas e demonstrar como elas são construídas, bem como elas nos influenciam. Quer deixar uma dúvida na cabeça de quem o assisti.

 

Gostei de Dwayne Johnson como Hércules. De fato, ele tem cara de Hércules. Feio, assustador, quadrado, tosco e sujo. Não é como aquele almofadinha do Kellan Lutz, que mais tem cara e jeito de mulher do que de um homem normal. Só não gosto do Dwayne Johnson quando ele tenta ser dramático. Ele é muito carismático, legal e esforçado, mas é um péssimo ator dramático. Sei lá. Se o filme fosse só porrada, sem esse lado humanizado, ou melhor, sem essa tentativa de ser humanizado, seria bem melhor.

 

O filme é repleto de piadinhas chatas e batidas, como aquelas contadas nesses seriados americanos chatos (Friends, The Big Bang Theory e etc). Há vários clichês também, embora em menor grau do que eu imaginava – graças a Zeus! Exemplos de clichês: um dos amigos de Hércules os abandona e, na hora mais desesperadora, volta para salvar o dia; é dito que o trabalho de mercenário não é para mulher e a seguidora de Hércules, Atalanta, faz uma demonstração com seu arco e flechas para provar que é fodona e calar quem duvida de sua capacidade.

 

javali-de-erimanto-e-a-terceira-tarefa-620x0-2

 

Os ajudantes de Hércules também são legalzinhos, principalmente a gostosinha da Ingrid Bolso Berdal, a tal Atalanta. Ela tem pernas muito bonitas =) Cada flexionada de perna que ela dava no filme me dava calafrios.

 

Voltando à análise científica do filme: achei que esses companheiros de Hércules iriam prejudicar a história, mas isso não ocorreu.

 

O filme é… bom, muito melhor do que aquele lixo do filme Hércules, estrelado(?!) por Kellan Lutz. Aliás, comparado a esse filme, o filme do The Rock é um clássico. O filme prende sua atenção e empolga um pouco, tanto que fiquei com vontade de gritar “Hércules, Hércules, Hércules” ou “I am Hercules!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!”

 

As exortações à guerra foram legais também. Dá vontade quebrar tudo, rs.

 

hercules the rock

Onde compra esse chapéu em forma de Leão? Eu gostei. Quero um pra mim =)

 

Outro ponto positivo da obra, é que foram usados dados da mitologia ordinária, aquela estudada cotidianamente, como a rivalidade entre Hera e Hércules, a lenda de Alcmena e etc. Há muitas referências mitológicas que foram respeitadas, o que é bom, pois estou cansado desses filmes hollywoodianos que cagam, urinam e vomitam na mitologia, fazenda dela uma verdadeira “Partilha da África” de tão retalhada e sem pé nem cabeça que fica – vide Imortais.

 

Os diálogos foram péssimos, como de praxe.

 

A história foi apenas razoável. Não chegou a ser uma bosta como aconteceu no outro filme do Hércules. Teve até uma traição e Hércules ajudando o vilão da história sem saber óóóóóóóóhhhhhhhhh!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

Adorei a demostração de como foram algum dos doze trabalhos de Hércules, embora todas as cenas foram curtas demais. A luta contra o Leão de Nemeia foi bacana. A luta contra a Hidra de Lerna e contra o Javali de Erimanto melhores ainda. Entretanto, gostaria que houvesse mais alusões e flash backs dos doze trabalhos de Hércules. Queria ver, por exemplo, a luta de Hércules contra as Amazonas de seios fartos e desnudos =( Veja como seria legal:

 

amazona =)amazonas gostosasamazonas mud_warriors_by_amazon_warriors-d6i9l3oamazonas e um bobão

 

Enfim,  o filme é bom para os padrões hollywoodianos, mas não é marcante.

 

Eu precisava eu de um mecenas para financiar filmes épicos por mim dirigidos e roteirizados. Tem algum bilionário aí disposto a perder muito dinheiro para fazer uma obra-prima e entrar para a história?

 

5 pensamentos sobre “Hércules – Crítica: hercules the thracian wars

  1. Clara disse:

    pensei q eu fosse a unica pessoa do planeta a nao ter saco pros seriadinhos americanos.
    assisto a todos os filmes que voce resenha.

    • Jhowjhow disse:

      Yoh, E ae Adônis? Assisti esse filme quarta feira, e recebi sua resenha logo depois. Infelizmente foi a melhor adaptação de Hercules que eu assisti. The Rock, esse sim tem cara de Heracles, não aquela cadela de crepusculo que estreiou aquele filme esteriotipado e cheio de cliches e patricinhas. Alto, bruto, cara de mau e musculoso, um hercules de verdade, entra mudo, sai calado, mesmo assim um excelente general. Eu acho que no filme ele acabou não sendo semideus… Esse foi o problema. Qual a nescessidade dos estadunidenses de colocar esses cliches e essas lições de moral nos filmes? Eles não confiam nos telespec? Qual a necessidade deles mudarem uma história pronta e excelente para filmar. Muitas adaptações… Acho que The Rock é um autor bom pra fazer Hércules mortal, mas para semideus, eu prefiro Hafþór Júlíus Björnsson, o Montanha de Game of Thrones. Bem, essa é a minha opinião… Abrass e até a próxima

      • Adonis disse:

        “cadela de crepusculo” kkkkkkkkkkkkk

        Estou de saco cheio de lições de moral no cinema. E eu acho que a maioria dos diretores de Hollywood duvidam da inteligência dos telespectadores. O problema, acredito eu, não são as adaptações ou a necessidade de mudar a história original, mas as histórias mal construídas. De qualquer forma, concordo com vc, as histórias estão aí, prontas para serem filmadas, só falta alguém fazer. Não sei se o Hafþór Júlíus Björnsson é um bom ator, mas tamanho ele tem para seu o Hércules. Abraços!

    • Adonis disse:

      =)
      Então assisti o filme: Os cavaleiros do Zodíaco: a lenda dos santuários. Acabei de fazer uma crítica.

  2. Jhowjhow disse:

    Hafþór teve mais cenas de ação do que propriamente atuações no seriado… A cena dele me marcou muito, foi bem violenta. Ele estava em um duelo, e no finish him, conseguiu ficar em cima do cara e pressionou a cabeça dele contra o chão, até a cabeça do cara estourar… Deu muita agonia ver essa cena, mas foi bem legal… Ele fez uma luta foda, mas sua presença não admite atuação, ele só consegue ser violento… Bem, hércules não tem muitas lições de moral nas lendas, ou qualquer personalidade que seja marcante… Ele é somente uma montanha de músculos…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s