Vingadores Guerra Infinita – Crítica negativa

Por que não jogaram uma das joias dentro de um buraco negro supermassivo ou no vácuo entre duas galáxias quaisquer?

 

Aquela estrela que o Thor “ligou” com uma navizinha vagabunda é realmente uma supernova? Ela é menor que um satélite natural, quer dizer, que uma montanha. Pelo menos aprendemos como fazer um martelo super poderoso em poucos segundos. Mas fica a pergunta: por que Thanos deixou vivo aquele ferreiro que poderia fazer uma arma que com ele acabaria?

 

E a cada filme as armaduras ficam mais poderosas… A do Homem Aranha nem precisou ser testada! O Homem de Ferro deve ser um gênio mesmo, pois cria armaduras, mas nunca está trabalhando.

 

O que a Viúva Negra estava fazendo ali? Ela não tem superpoderes…

 

O inglês é uma língua universal? Todo mundo se entendia mesmo cada um vindo de um lugar do espaço.

 

E o excesso de conveniências… O Thanos ama a Gamorra; o Thor fica fortão de novo só de segurar na nova arma; o senhor das estrelas fode tudo num clichezão. Quem dera a vida fosse que nem um filme da Marvel… Sempre há uma solução ou coincidência ridícula para ajudar ou atrapalhar os protagonistas.

 

Tanta tecnologia e há uma batalha campal em Wakanda… Parecia “Coração Valente”… O pior é que os heróis preferiram sacrificar um monte de gente na batalha e colocar em risco metade do Universo para salvar um robô (Visão)…

 

Por que tantas piadas quando metade da vida do universo está em perigo?

 

O que Capitão América e sua gangue fizeram de relevante no filme?

 

Cadê a Valquíria, a Sif e a Hel?

 

Achava que a joia da alma tirava apenas a alma das pessoas… mas agora vi que ela é capaz de desintegrá-las.

 

E por que Thanos acha que vai resolver o “problema” do Universo matando metade dos seres vivos? Há locais pouco habitados e outros muito habitados. Há civilizações que merecem viver e outras nem tanto. E os animais irracionais? Há tanta energia e matéria no universo que, por exemplo, a Humanidade nunca irá utilizar toda a energia que o Sol fornece em apenas um ano. Há milhões ou mesmo bilhões de asteroides, planetoides e luas no nosso sistema repletos de recursos naturais para serem explorados. E mesmo com mais de sete bilhões de pessoas no mundo é possível produzir alimentos para todos e constar que apenas um 1% da área terrestre é efetivamente ocupada.

 

O único ponto positivo do filme foi que vários herois morreram, principalmente os mais bobões (o Homem-Aranha e o Senhor das Estrelas). Só faltou o Homem de Ferro que é o mais chato.

 

E por que os heróis mortos viraram purpurina? Por que não deixar o corpo deles apodrecendo?

 

Alguém reparou que o Nick Fury apertou o botão para chamar a Capitão Marvel depois que a cabeça dele já havia se desintegrado? Como o impulso elétrico foi mandado? 0.0

 

Não é estupidez matar o Homem Aranha nesse filme e a Disney já divulgar que em breve será lançado o filme Homem Aranha 2? kkkkkkkkkkkkkkkkk

Anúncios

Crítica ao filme “Mãe!”

Esta galeria contém 2 imagens.

Eu achava que se tratava de mais um filme de terror e que não iria gostar dele, porque normalmente não gosto de filmes de horror. Além disso, eu estava alheio às críticas provocadas pela película na mídia e não sabia da celeuma que o filme causou nem do que se tratava de fato. Na verdade, […]

Crítica: Thor Ragnarok

Esta galeria contém 3 imagens.

O filme é a história de um Ragnarok em que o povo asgardiano sobrevive (O.O) e em que naves e seres perdidos pelo espaço sempre caem no mesmo lugar: o planeta Sakaar (governado pelo Grande Mestre: Jeffrey Goldblum). Óóóóhhhhhh! Ou seja, é um filme infanto-juvenil, sem pé nem cabeça, que entende o universo como um lugar […]

Crítica Mulher Maravilha

Esta galeria contém 7 imagens.

Melhor filme de super-herói que vi nos últimos tempos, mas é meia boca. A película é elegante, até as cenas finais exageradas e sem sentido, e tem uma história simples e coerente. A protagonista é muito boa e não há aquele apelo sexual explícito pelo fato de ser mulher, embora eu goste muito de apelo […]

Independence day 2 – Crítica

Esta galeria contém 3 imagens.

=) Valeu a pena esperar 20 anos para ver a continuação dessa franquia. Espero que tenha mais uns quinze filmes! Confesso que esperava algo mais violento e sombrio, com vários grandes discursos e com menos clichês, mas o filme é divertido e o Jeff Goldblum destrói (atuando) mais uma vez. Este segundo filme é parecido […]

Crítica: Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos

Esta galeria contém 5 imagens.

Melhor filme de todos os tempos! E não é porque eu sou fã do jogo que estou dizendo isso. Só joguei os jogos de estratégia em tempo real. Jamais joguei WOW. Não gosto de jogo em primeira pessoa em que se deve ficar fazendo buscas e cumprindo tarefas. Gosto de jogos de construir para destruir. […]

Deuses do Egito Crítica positiva

Esta galeria contém 7 imagens.

Não tem muita lógica (plano de Set, principalmente) e é repleto de clichês, mas adorei o filme. O filme é bem “viagem”. A Terra é plana e o sol é puxado por uma corrente! E os cenários são legais. A cidade dos deuses e a barca de Rá lembram Asgard dos filmes da Marvel, só que […]